terça-feira, maio 19, 2009

Sete mil espectadores no 1º Motocross Cidade de Famalicão

Apesar do céu nublado e da chuva, mas confirmando a popularidade da modalidade na região onde nos inserimos, cerca de sete mil espectadores em redor da Pista do Jumbo assistiram no passado Domingo, dia 17 de Maio, ao Campeonato Nacional de Motocross Cidade de Famalicão, um evento organizado pelo Moto Clube de Famalicão e Pelouro do Desporto da Câmara Municipal.

Ao todo foram sete as corridas que fizeram vibrar o muito público presente. Ao todo participaram 96 pilotos. 52 Pilotos (MX1 e MX2), no Campeonato Regional Norte/ PentaControl, 20 concorrentes no Nacional" de Iniciados e 24 participantes no Troféu Nacional Vintage.

“No "Regional", na manga MX2 Marco Pereira liderou todo o tempo para vencer. No 2.º lugar ficou Luís Cardoso, a perseguir de perto o comandante na primeira metade da corrida. Para a 3.ª posição houve animado despique entre os quatro pilotos, sendo que Daniel Pinto baixou de 3.º para 6.º por queda na derradeira volta, aproveitando Diogo Ventura para completar o pódio.

Na manga MX1 alinharam dois pilotos convidados, Nélson Silva e Rui Rodrigues, que a organização optou por não referenciar na classificação oficial da prova. Em concreto, Nélson Silva andou três voltas à frente, até ser ultrapassado por Luís Ferreira. Este ganhou diante dos dois convidados, enquanto na última volta Nuno Oliveira desalojava o francês Riaux Gregory da posição seguinte. Ainda a destacar a recuperação de Daniel Ferreira, após queda na primeira volta.

A manga Elite fechou o programa e teve início acidentado, pois quatro pilotos – Luís Ferreira, Rui Rodrigues, Nuno Oliveira e Pedro Enes – envolveram-se em queda colectiva na recta após o arranque, tendo os três primeiros desistido logo aí. Pouco depois, na primeira curva também caiu Marco Pereira, mas este ainda recuperou para ser 4.º classificado.

Elias Rodrigues encabeçou o pelotão durante três voltas, mas depois Daniel Ferreira apoderou-se do comando. Ainda assim não teve vida fácil, porque Daniel Pinto exerceu forte pressão, acabando Ferreira por assegurar a vitória com apenas 3 segundos de vantagem sobre o adversário directo. No 3.º lugar chegou Nélson Silva, que por ser piloto convidado não consta da classificação que abaixo reproduzimos.

Em Famalicão aconteceu também a terceira jornada do Campeonato Nacional de Iniciados, para jovens pilotos entre os 10 e 15 anos de idade. Na primeira manga e após as escaramuças iniciais, na segunda volta Fábio Maricato foi para a frente, mas quatro voltas mais tarde sofreu uma queda. Na oportunidade Pedro Carvalho assumiu o comando e terminou como vencedor, enquanto Fábio voltou a cair na última passagem à pista, mas mesmo assim terminou no 2.º lugar.

Fábio Maricato desforrou-se do azar na segunda manga, pois liderou sem percalços para ser primeiro na linha de meta, seguido por Pedro Carvalho, enquanto Jorge Maricato bisava no 3.º lugar.

Quem sabe nunca esquece. Isso mesmo demonstrou Paulo Marques, campeão de Enduro e TT nos anos oitenta e noventa. A correr no seu "jardim", o famalicense ganhou as duas mangas do Troféu Vintage (Motos Antigas). Na primeira só chegou ao comando na quarta volta, terminando diante de Cristóvão Teixeira e Armindo Nascimento. Este último começou por liderar a segunda manga, mas após um par de voltas o "Marquês" disse ao que vinha e… passou outra vez para a frente, rubricando novo êxito”.

A qualidade organizativa do evento foi atestada pela Federação de Motociclismo de Portugal que lançou o desafio de Vila Nova de Famalicão receber o próximo Motocross das Regiões, que reune em competição os melhores pilotos de motocross das regiões Norte, Centro e Sul, Açores e Madeira e que serve de encerramento da época desportiva”.

Classificações

Elite: 1.º Daniel Ferreira (Suzuki) 15 voltas em 24m02,2s; 2.º Daniel Pinto (Kawasaki) a 3,0; 3.º Riaux gregory (Honda) a 40,9; 4.º Marco Pereira (KTM) a 44,5; 5.º Elias Rodrigues (Yamaha) a 46,3; 6.º Bruno Dores (Suzuki) a 57,6; etc.

MX2: 1.º Marco Pereira (KTM) 15 voltas em 23m41,8s; 2.º Luís Cardoso (Kawasaki) a 7,1; 3.º Diogo Ventura (Suzuki) a 14,2; 4.º Pedro Enes (Honda) a 30,4; 5.º Elias Rodrigues (Yamaha) a 35,5; 6.º Daniel Pinto (Kawasaki) a 48,2; etc.

MX1: 1.º Luís Ferreira (Kawasaki) 15 voltas em 23m22,4s; 2.º Nuno Oliveira (Kawasaki) a 1.08,0; 3.º Riaux Gregory (Honda) a 1.09,6; 4.º Daniel Ferreira (Suzuki) a 1.19,3; 5.º Bruno Dores (Suzuki) a 1.25,2; 6.º Sérgio Miranda (Suzuki) a 1.27,2; etc.

Iniciados – 1.ª Manga: 1.º Pedro Carvalho (KTM) 12 voltas em 19m36,4s; 2.º Fábio Maricato (KTM) a 11,8; 3.º Jorge Maricato (KTM) a 36,9; 4.º Sandro Peixe (Kawasaki) a 39,0; 5.º Miguel Costa (KTM) a 48,5; 6.º Álvaro Gonçalves (Honda) a 58,6; etc.

2.ª Manga: 1.º Fábio Maricato (KTM) 11 voltas em 18m25,6s; 2.º Pedro Carvalho (KTM) a 4,2; 3.º Jorge Maricato (KTM) a 32,6; 4.º Ruben Luís (Suzuki) 36,2; 5.º Sandro Peixe (Kawasaki) a 36,9; 6.º Óscar Fernandez (Yamaha) a 1.08,2; etc.

Troféu Vintage – 1.ª Manga: 1.º Paulo Marques (Honda) 8 voltas em 14m36,2s; 2.º Cristóvão Teixeira (Suzuki) a 14,0; 3.º Armindo Nascimento (Honda) a 24,7; 4.º Hernâni Giesta (Suzuki) a 33,3; 5.º Eugénio Cação (Yamaha) a 43,7; 6.º Luís Guerra (Suzuki) a 46,3; etc.

2.ª Manga: 1.º Paulo Marques (Honda) 8 voltas em 14m48,1s; 2.º Armindo Nascimento (Honda) a 21,9; 3.º Cristóvão Teixeira (Suzuki) a 36,4; 4.º Hernâni Giesta (Suzuki) a 38,2; 5.º Eugénio Cação (Yamaha) a 50,9; 6.º Luís Santos (Suzuki) a 56,6; etc.

Texto: O texto entre aspas foi retirado do site da Federação de Motociclismo de Portugal.

Fotos: Sitio do Município de Vila Nova de Famalicão e Poison Photo Works.

Sem comentários: