sexta-feira, fevereiro 27, 2009

CRC apresentou equipas de ciclismo

O Centro de Recreio Camiliano (CRC), apresentou no passado sábado, dia 21 de Fevereiro, no Centro de Estudos Camilianos, em Seide S. Miguel o seu projecto desportivo para a época desportiva de 2009, denominado crc – famalicão.com

Além de vencer cada prova em que participa, são objectivos do CRC, cimentar cada vez mais as equipas no seio da associação e promover a vertente competitiva do ciclismo amador no concelho.

Numa cerimónia onde marcou presença o Vereador do Desporto, o CRC apresentou as equipas com que vai participar no Cross Country (Campeonato Regional Minho, num total de 10 provas, Campeonato Nacional, em Lisboa e provas da Taça de Portugal, mais concretamente em Ribeira de Pena e Moreira de Cónegos); Maratonas (Taça de Portugal num total de sete provas, Campeonato Nacional de Veteranos, na Covilhã e Campeonato Nacional em Vila do Bispo) e Estrada (Prova de Abertura de Veteranos, em Setúbal, Circuito dos Campeões num total de cinco provas e Campeonato Nacional de Veteranos).

Nas diferentes vertentes e escalões o CRC terá em competição 21 atletas divididos do seguinte modo:

Cross Country (XC): Miguel Sousa (Iniciado), João Antunes (Infantil), Carlos Ribeiro (Juvenil), Pedro Sousa, João Azevedo, Paulo Caetano e Ricardo Ferreira (Cadetes), Francisco Azevedo (Júnior) e José Miranda (Élite).

Maratonas (XCM): Bruno Mendes e Ana Rocha (Elite), Paulo Machado e José Freitas (Veteranos A), Joaquim Silva (Veterano B) e Benjamim Silva (Veterano C).

Estrada: José Rodrigues, Nuno Vieira, Manuel Tinoco, Sérgio Teixeira e Manuel Dinis (Veteranos A) e Armindo Mansilhas (Veterano B).

Agrupamento 558 de Pedome vence X Festival Monsenhor Américo

O Agrupamento 558 – Pedome do Corpo Nacional de Escutas foi o grande vencedor da X edição do Festival Regional da Canção Escutista - Monsenhor Américo Ferreira Alves, que decorreu no passado sábado, dia 21 de Fevereiro, no Grande Auditório da Casa das Artes.
.
Com a canção "Põe-te a Mexer", os escuteiros do agrupamento 558 levaram para casa o primeiro prémio do Festival bem como o de melhor letra.
.
A Canção "Construtor de Mim" do Agrupamento 618 Galegos Santa Maria do Núcleo de Barcelos ficou em 2ª Lugar, bem como o de melhor interpretação, enquanto que "Descobre os teus valores" interpretada pelo agrupamento 1274 S. Pedro Britelo – Fafe ficou com o 3ª Lugar.
.
Concorreram também a este festival os agrupamentos: 486 Galegos S. Martinho – Barcelos, 5 Ronfe – Guimarães, 966 Medelo – Fafe e o agrupamento 124 de Lousado – Famalicão.
.
Esta a segunda vitória do Agrupamento 558 de Pedome no certame. A primeira ocorreu na IV Edição do Festival, realizada em Fevereiro de 2003 no Salão Paroquial S. Jorge de Selho, Pevidém, em Guimarães, com a canção “Ecos de Paz”.
.
Em 2008, o primeiro lugar veio também para Vila Nova de Famalicão, com a vitória a ser alcançada pela Junta do Núcleo de Vila Nova de Famalicão, que reunindo vários agrupamentos, arrebatou o primeiro lugar no Fórum S. Bento Menni, em Barcelos, com a canção “Ser parte de Tí”.

quarta-feira, fevereiro 25, 2009

Sociedade Columbofila de Famalicão inaugura sede social

A Sociedade Columbófila de Vila Nova de Famalicão (SCF) sedeada na Rua Daniel Rodrigues, 301, inaugurou no passado domingo, dia 22 de Fevereiro, a sua sede social, edificação benzida por Dom Jorge Ortiga, Arcebispo Primaz de Braga, numa inauguração presidida por Armindo Costa, Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão.

Fundada em 26 de Novembro de 1944, a SCF concretizou um sonho iniciado em 1997 com o lançamento da primeira pedra da sua sede, um edifício composto por dois pisos.

Em 2000, a colectividade concluiu o espaço interior do rés-do-chão, ficando em grosso o primeiro piso. Em 2006 A SCF procedeu ao acabamento da sua Sala Museu e Sala do Departamento Técnico, ambas situadas no primeiro piso do edifício. Onze anos depois a colectividade concretizou a conclusão da edificação, que passou pelo acabamento interior da sala polivalente/bar, criação de WC´s, pintura exterior do edifício, finalização das obras de acesso ao exterior no primeiro piso e, colocação de gradeamento de vedação e segurança.

As obras foram objecto de um apoio autárquico de 30.000,00 € (10.000,00 € em 11 de Abril de 2005 e 20.000,00 € em 20 de Novembro de 2008).

A cerimónia contou com a presença de inúmeros associados e muitos outros convidados, entre eles o Vereador do Desporto, o Secretário da Junta de Freguesia de Vila Nova de Famalicão, Presidente da Federação Nacional de Columbofilia e Presidente da Associação Regional de Columbofilia de Braga.

Deliberações Camarárias - 25 de Fevereiro de 2009

Atribuição de um apoio financeiro de 5.000,00 € ao Clube de Desportos Motorizados do Porto – DEMOPORTO, destinado à organização técnica e competitiva do Rally de Famalicão 2009, a realizar no dia 28 de Fevereiro.

Atribuição de um apoio financeiro de 2.400,00 € ao Núcleo de Atletismo de Joane, correspondendo a 600,00 euros pela participação de cada atleta na Taça dos Clubes dos Campeões Europeus de Corte Mato – Juniores, que se realizou no passado dia 1 de Fevereiro, na Turquia.

Celebração de um aditamento ao Protocolo de apoio financeiro para obras de melhoramento, estabelecido entre o Município de Vila Nova de Famalicão e a Sociedade Columbófila de Vila Nova de Famalicão, em 21 de Novembro de 2008, alterando na primeira cláusula a referencia “recuo e reconstrução do muro de vedação e criação da área de estacionamento”, passando a constar “criação de uma nova entrada de acesso pedonal, construção de base de suporte e instalação de mastros para colocação de bandeiras e, iluminação exterior da a área envolvente ao edifício.”

Celebração do 1º Adicional ao Contrato da empreitada de Construção de 30 fogos a custos controlados (Urbanização das Bétulas), no valor total de 188.303,76 €, a que acresce o IVA à taxa legal em vigor.

Ratificação das despesas efectuadas e aprovação do correspondente Relatório da iniciativa Campos de Férias 2008 (3.349,64 € foram as despesas efectuadas contra os 4.500,00 € anteriormente autorizados).

Emoções fortes no “Champions Clerum”

O Pavilhão Municipal da Cidade foi palco, na passada quinta-feira, dia 19 de Fevereiro, da fase final da IV edição do “Champions Clerum” (Torneio Europeu de Futsal para Padres). A selecção nacional, depois de uma brilhante caminhada até à final, sagrando-se vencedores do Grupo A e batendo nas meias-finais a Bósnia, por 3-1, não conseguiu conquistar pela primeira vez o troféu “Champions Clerum”, depois de ter perdido, na final, frente à Polónia.

Num pavilhão praticamente cheio, os poderosos polacos repetiram o triunfo da edição de 2007 e derrotaram por 2-0 a equipa do nosso país. Não obstante a derrota na grande final, esta foi a melhor classificação de sempre da selecção nacional que participou pela terceira vez na competição, depois de ter obtido dois quartos lugares na Croácia e na Bósnia-Herzegovina.

Portugal apresentou a seguinte formação neste prova: Custódio Branco (Viana do Castelo), André Ferreira (Porto), Marco Paulo Gil (Braga), Victor Pinheiro (Braga), Domingos Machadinho (Braga), Marcelo Correia (Braga), Cláudio (Viana do Castelo), José Cunha (Viana do Castelo), António Areias (Vila Real), Iolando Pereira (Vila Real), Hermínio (Porto) e Manuel Fernando (Porto). Entre parêntesis a diocese a que pertence cada um dos sacerdotes.

Classificação Final

1. Polónia

2. Portugal

3. Croácia

4. Bósnia

5. Espanha

6. Itália

7. Eslováquia

8. Áustria

9. Hungria

10. Eslovénia

Grupo Desportivo de Natação galardoado com “O Minhoto”

O Grupo Desportivo de Natação de Vila Nova de Famalicão recebeu no passado dia 16 de Fevereiro, o mais alto galardão da XII Gala dos Troféus “O Minhoto” - Grande Prémio do Júri Colectivo, numa cerimónia que decorreu em Ponte da Barca.

Fundado em 2 de Março de 1993, o Grupo Desportivo de Natação é uma das mais conceituadas colectividades da natação Nacional.

Até ao final do ano passado, o Grupo Desportivo de Natação que possui 134 atletas divididos pelos diferentes escalões, já contava com 42 internacionalizações ao serviço da Federação Portuguesa de Natação, 258 títulos de campeão nacional, 131 títulos de vice-campeão nacional e 29 recordes nacionais nas diversas categorias da modalidade.

Em 2008, o GDN teve um atleta com o estatuto de pré-olimpico (Jorge Maia), depois de através de João Araújo ter estado nos Jogos Olímpicos de Atenas (2004).

O GDN tem marcado presença em várias competições internacionais com destaque para o Campeonato do Mundo de Piscina Curta (2004, 2006 e 2008), Campeonato do Mundo de Piscina Longa (2005), Multinations Youth (2000, 2004, 2005 e 2006), Multinations Juniores (2003 e 2006), Jornadas Olímpicas da Juventude Europeia (2001, 2005 e 2007), Campeonatos da Europa de Juniores (2001, 2002, 2003, 2006, 2007 e 2008), Campeonatos da Europa de Absolutos de Piscina Curta (2005, 2006 e 2008), Campeonatos da Europa de Absolutos de Piscina Longa (2004 e 2008), Campeonato do Mundo Universitários (2007), Meet Arena Bordéus (2004, 2005 e 2006), Luxemburgo Euro Meet (2001, 2003 e 2005), Open de França (2004 e 2005), Maré Nostrum (2008) e Clube Taça Latina (2008).

A equipa masculina, campeão nacional da 2º divisão em 1999, a competir na 1º divisão nacional desde 2001, alcançou o título de vice campeão em 2008, depois do 5º lugar obtidos em 2006 e 2007. A equipa feminina subiu à primeira divisão em 2007.

quinta-feira, fevereiro 19, 2009

Execução do Loteamento da "Quinta do Rebordelo" em andamento

O Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Armindo Costa, assinou na passada, segunda-feira, dia 16 de Fevereiro, o Auto de Consignação das obras de criação de infra-estruturas da chamada “Quinta de Rebordelo”, que, nos próximos anos, dará lugar a uma nova urbanização na freguesia de Ruivães.

A empreitada contempla a infra-estruturação de 73 lotes de terreno para a construção de 70 moradias unifamiliares e três edifícios multifamiliares, num total de 124 fogos. A maior intervenção de sempre da Câmara Municipal em matéria de infra-estruturação de terrenos para futura venda e promoção directa de habitação, foi também aquela que maiores vicissitudes conheceu.

Por deliberação de 23 de Fevereiro de 2005 foi autorizada a abertura de concurso público pelo valor base de 1.300.000,00 € (IVA não incluído). No âmbito do respectivo concurso, uma das firmas concorrentes interpôs recurso hierárquico da deliberação da Comissão de Abertura do Concurso proferida no acto público, que excluiu a sua candidatura, tendo a Câmara Municipal deliberado em 27 de Julho de 2005, indeferir o recurso hierárquico apresentado.

Em 16 de Agosto de 2005, seria aprovada a proposta de adjudicação da empreitada à firma Manuel da Costa Amaro & Cª, Lda., pelo valor de 947.595,93 €, acrescido do IVA. O pagamento de tal quantia seria efectuado um ano após a recepção provisória da obra, sendo que o prazo da sua execução era de 12 meses.

Inconformada com o teor da deliberação de 27 de Julho, a concorrente excluída solicitou junto do Tribunal Administrativo e Fiscal de Braga a anulação da deliberação camarária, tendo o Município sido citado para contestar a acção em 25 de Agosto de 2005. Ainda em 7 de Setembro de 2005, foi a autarquia citada para deduzir oposição ao pedido de suspensão de eficácia do mesmo acto, o que determinava a suspensão imediata do procedimento administrativo.

Em 27 de Outubro de 2005, o Tribunal Administrativo e Fiscal de Braga indeferiu a pretensão apresentada na acção principal pelo concorrente excluído. Interposto recurso desta decisão, em 26 de Janeiro de 2006, em Acórdão do Tribunal Central Administrativo Norte, foi mantida a decisão de indeferimento do pedido de anulação.

Efectuada a devolução do processo administrativo e retomados os procedimentos legais tendo em vista a celebração do respectivo contrato de empreitada, bem como a apresentação da respectiva caução por parte da empresa vencedora, esta não compareceu à outorga do respectivo contrato no dia agendado para o efeito (17 de Agosto de 2006), alegando impossibilidades financeiras para aceitar o pagamento dos trabalhos um ano após a recepção provisória dos trabalhos.

Acto contínuo foi a empresa classificada em 2º lugar no concurso, notificada para vir dizer se ainda mantinha válida a proposta apresentada, a que respondeu afirmativamente no dia 09 de Novembro de 2006. Por deliberação camarária de 6 de Dezembro de 2006, foi declarado sem efeito a adjudicação da empreitada à firma Manuel da Costa Amaro & C.ª, Lda. e adjudicada à firma DACOP, Construções e Obras Públicas, SA. a empreitada pelo valor de 1.039.873,60 €, acrescido do imposto sobre o valor acrescentado à taxa legal em vigor. Decorrido o período de Audiência Prévia, a Câmara Municipal, em 10 de Abril de 2007, outorgou o contrato de empreitada.

Remetido o mesmo para fiscalização prévia o Tribunal de Contas por Acórdão proferido a 10 de Julho de 2007, recusou a concessão de visto, tendo sido do mesmo apresentado recurso. Por acórdão de 9 de Outubro de 2007, o Tribunal de Contas negou provimento ao recurso mantendo consequentemente a recusa do visto, fundamentado na ilegalidade da cláusula do contrato de empreitada que estipula que “o pagamento é efectuado um ano após a recepção provisória da obra”.

Processada a resolução do Contrato de Empreitada, foi aberto novo concurso público que culminou na proposta de adjudicação da referida obra à empresa DACOP, Construções e Obras Públicas, SA, aprovada na reunião camarária de 18 de Agosto de 2008.

quarta-feira, fevereiro 18, 2009

Visita às obras de melhoramento do Pavilhão Municipal da Cidade

O Presidente da Câmara Municipal, Armindo Costa e o Presidente do Famalicense Atlético Clube, Gouveia Ferreira, acompanhados dos Vereadores das Obras Municipais, do Desporto e da Educação e dirigentes daquela colectividade, efectuaram no passado, dia 14 de Fevereiro, uma visita de trabalho às obras de beneficiação a que foi sujeito o Pavilhão Municipal.

De entre as diversas obras de melhoramento daquele equipamento desportivo efectuadas pelo Pelouro das Obras Municipais, o destaque vai para a substituição do pavimento dos dois espaços de jogo, tabelas e corrimões do recinto desportivo, num investimento total de 130 mil euros, melhorando significativamente por essa via e as condições de segurança para a pratica das diversas modalidades desportivas que nele são desenvolvidas.

O Pavilhão Municipal registou uma ocupação de 65.382 entradas, distribuídas pelas Escolas Secundárias Camilo Castelo Branco e D. Sancho I (30.942), Famalicense Atlético Clube (26.367), Projectos Desportivos da Câmara Municipal (4.158) e outras Associações Desportivas (3.915).

Foto: Sitio Oficial do Município de Vila Nova de Famalicão

domingo, fevereiro 15, 2009

Apresentação do Projecto "Nova Formula 2"

A PASEC em parceria com a Câmara Municipal de Famalicão, Agência Nacional para a Gestão do Programa Juventude e instituições parceiras realizou na passada Sexta-feira, dia 13 de Fevereiro, a Sessão de Apresentação dos resultados do “Projecto Nova Formula” e lançamento do “Projecto Nova Formula 2”

O Projecto «Nova Fórmula», assentou na criação da 1ª Rede Nacional de Grupos Informais, estrutura que privilegiou os grupos operantes em bairros sociais e zonas rurais desfavorecidas, na Cooperação Internacional através do «Experiências Interculturais», que teve tendo como parceiros internacionais organizações da Itália e Espanha e na promoção do protagonismo juvenil numa perspectiva intercultural potenciando os grupos em situação de risco.

Foram realizados Worshop’s, Fóruns, Semanas de Formação, lançada a obra “Animação SocioCultural e Protagonismo Juvenil”, começados mais de 10 novos grupos, atingindo mais de 300 crianças e jovens e mais de 100 animadores directos e 2000 indirectos (através do livro “Animação SocioCultural e Protagonismo Juvenil”).

O projecto Nova Formula 2, assentará na criação da Rede Europeia de Grupos Informais (com Itália, Espanha e Polónia), sendo que a principal iniciativa do projecto passará pela criação dos Democracy Action Labs (Laboratórios de práticas pedagógicas voltadas para a Educação para a Cidadania) que atingirão mais de 1000 jovens e mais de 400 crianças.

Durante a Sessão foi ainda apresentado o Documentário “Protagonismos”, película de 30 minutos que retrata todo o caminho levado a cabo pelos jovens envolvidos no projecto Nova Formula 1.

Estiveram presentes na sessão o Sr. Director da Agência Nacional do Programa Juventude, Dr. Pompeu Martins, o Director Regional do Instituto Português da Juventude, Dr. Vítor Dias e o Vereador da Juventude da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão.

Associação Museu da Guerra Colonial inicia novo mandato

Na passada quinta-feira, 12 de Fevereiro, foram eleitos por unanimidade os novos órgãos sociais da Associação Museu da Guerra Colonial. Anquises Carvalho, continua a presidir aos destinos da Direcção, para mais um mandato que se prolongará por três anos (2009-2011).

A Câmara Municipal está representada nos novos órgãos sociais pelos Vereadores da Educação e Cultura (Vogal da Direcção), Habitação, Juventude, Desporto, Trânsito e Transportes (Secretário da Mesa da Assembleia Geral) e Artur Sá da Costa.

.

DIRECÇÃO

Presidente – Anquises Barbosa de Carvalho

Vice-Presidente – José Manuel Lages

Secretário – Augusto Correia da Silva

Tesoureiro – Manuel da Rocha Ferreira

Vogal – Leonel Rocha

.

MESA DA ASSEMBLEIA GERAL

Presidente – José da Silva Ferreira

Secretário – Jorge Paulo Oliveira

Vogal – António Soares Rodrigues

.

CONSELHO FISCAL

Presidente – Israel Campos Pereira

1º Secretário – Artur Sá da Costa

2º Secretário – Fernando Gomes de Carvalho

.

“A história do Museu da Guerra Colonial começou a desenhar-se durante o ano lectivo de 1989/90, quando trinta alunos oriundos de várias freguesias dos concelhos de Vila Nova de Famalicão, Barcelos e Braga participaram num projecto pedagógico-didáctico conjunto a que chamaram “Guerra Colonial, uma história por contar”.

Em 1992, iniciou-se um trabalho de colaboração com a Delegação da Associação dos Deficientes das Forças Armadas (ADFA) de Vila Nova de Famalicão, em que foram efectuados novos estudos regionais com base nos arquivos e membros desta instituição, bem como foi ampliada a exposição com a integração de novos estudos e materiais. Como resultado desta colaboração, a exposição percorreu vários eventos culturais e várias localidades.

Finalmente, em Maio de 1998, foi celebrado um protocolo de colaboração entre a Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Delegação da ADFA de Famalicão e Externato D. Henrique de Ruilhe de Braga, que serviu de acto solene e formal para a criação do Museu da Guerra Colonial.”

Sedeado actualmente no Centro Coordenador de Transportes, o Museu vai ser transferido ainda este ano para um pavilhão do Lago Discount, o que irá permitir a sua expansão, modernização e desenvolvimento. O novo espaço terá cerca de 1500 metros quadrados, sendo que numa primeira fase será instalado em 500 metros quadrados estando ali já parte das estruturas.

3ª Gala do Desporto Motorizado de Famalicão

Mauro Marques, Campeão Nacional de Karting foi o mais galardoado na 3ª Gala do Desporto Motorizado de Famalicão, arrecadando o Troféu Multiválvulas e o Troféu Afirmação.

A iniciativa da Cidade Hoje Rádio/Jornal, que contou com o apoio do Pelouro do Desporto, animou no passado dia 7 de Fevereiro, o Grande Auditório da Casa das Artes.

Mauro Marques (Troféu Multiválvulas)

João Ruivo e Alberto Silva (Troféu Prestigio)

Maria do Céu Pires de Lima (Troféu Carreira)
Padock Competições - Adélio Machado (Troféu Mérito Anual)
Mauro Marques (Troféu Afirmação)
Blog Famalicão Motor - João Peixoto (Troféu Promoção)
Sérgio Baptista (Troféu Piloto Motos)
Ricardo Costa (Troféu Revelação)
António Neves de Carvalho (Troféu Dedicação)
João Ferreira (Troféu Esperança)

Miranda Competições (Troféu Equipa/Preparador)

Macominho - Jorge Costa (Troféu Mecenas/Patrocinadores)

Curso de Pilotagem para Pilotos - Paulo Marques (Troféu Iniciativa do Ano Motos)

Rali de Famalicão 2008 - Rogério Ferreira e Vitor Martins (Troféu Iniciativa do Ano Automóveis)

César Machado (Troféu Mecânico)

Fotos: Cidade Hoje.