segunda-feira, fevereiro 28, 2011

Não acha que a austeridade funciona muito bem no nosso país!?

Em pouco mais de 1 ano, o Governo Socialista já criou 42 grupos de trabalho, 20 comissões, dois conselhos, dois grupos consultivos, uma coordenação nacional, um observatório e uma estrutura de missão, envolvendo 590 pessoas.
Há grupos de trabalho que se sobrepõem a comissões, e comissões que se justapõem a outras e à actividade que deveria ser realizada por entidades já existentes na Administração Pública.
Quanto custam ao erário público todas estas estruturas em termos remuneratórios e logísticos? Não se sabe. A esmagadora maioria dos despachos que criaram estes organismos são omissos quanto à matéria.
Não acha que a austeridade funciona muito bem no nosso país!?

sábado, fevereiro 26, 2011

Sem comentários...

Armando Vara, ex-ministro socialista, deixou indignado os utentes de um centro de saúde em Lisboa quando, passou à frente de todos os doentes e deu ordens a uma médica para lhe passar um atestado, por estar com pressa para apanhar um avião.
Agora foi a vez da segurança pessoal de Alberto Martins, ministro da Justiça, retirar uma ambulância urgente parada na via pública em missão de socorro a uma idosa com suspeitas de enfarte, tudo para sem motivo de força maior, deixar passar o carro do governante socialista.
Sem comentários…

terça-feira, fevereiro 22, 2011

Uma outra obliteração seria mais proveitosa


Depois de nas últimas eleições presidenciais, milhares de portugueses terem sido dissuadidos e impedidos de exercerem o seu direito de voto, o governo submeteu à Assembleia da República uma Proposta de Lei que preconiza a extinção do número de eleitor.
Em vez desta supressão, seria certamente mais proveitoso para o país a “cessação” da passagem do próprio Rui Pereira pelo Ministério da Administração Interna.
Rui Pereira, sinónimo de embaraço para a diplomacia portuguesa, quando se tornou conhecido na Europa ao ser apanhado a fazer comentários indiscretos sobre o presidente francês e a sua esposa, Carla Bruni, pelos microfones da TVI, que julgava estarem desligados, é um coleccionador de trapalhadas.
Embrulhou-se na aquisição dos blindados para a Cimeira da NATO em Lisboa, embrulhou-se na permissão para a transferência automática de dados pessoais e intransmissíveis de cidadãos portugueses para os Estados Unidos, embrulhou-se com o cartão de eleitor, embrulhou-se com o novo sistema de vigilância da orla costeira portuguesa e continua a embrulhar-se, como se viu este fim-de-semana, ao anunciar pela enésima vez o reforço de mil efectivos quer para a PSP quer para a GNR, que anterior e solenemente vaticinara para 2009, depois para 2010 e agora para 2012.
A saída de Rui Pereira do Governo, ele que até está entre os ministros com mais acentuada quebra de produtividade legislativa entre o último trimestre de 2009 e o de 2010, seria uma bênção para a imagem do governo, do país e da política em geral.

segunda-feira, fevereiro 21, 2011

Laurentino, o Coerente

O custo do ingresso para assistir a um espectáculo desportivo, prova ou manifestação desportiva é tributado à taxa reduzida de IVA (6%), mas o mesmo ingresso para praticar desporto ou uma qualquer actividade física é tributado à taxa normal de IVA (23%).
Pergunta-se: é aceitável penalizar fiscalmente quem pretenda fazer exercício físico ou praticar desporto? Não, não é, salvo na cabeça do incoerente Secretário de Estado do Desporto e da Juventude (Juventude deve estar a mais), Laurentino Dias, que mais uma vez, pratica exactamente o contrário daquilo que publicamente defendeu na Assembleia da República.

quarta-feira, fevereiro 16, 2011

Outros Tempos ... Ramal Ferroviário Nine-Braga



Com origem em Nine e término em Braga, o denominado Ramal Ferroviário de Braga foi inaugurado em 20 de Maio de 1875, pelo Rei D. Luís. Antes dessa data, foi em 18 de Abril de 1975 (Domingo), que a primeira locomotiva efectuou a totalidade do trajecto.

Curiosamente a Estação de Nine só seria inaugurada em 1 de Janeiro de 1877.

O ramal com cerca de 15 km e que se desenvolve paralelamente à margem direita do Rio Este, permitiu a ligação entre as cidades de Braga, Famalicão e Porto, em conjunto com a Linha do Minho.

Fotos: Estação de Nine, a primeira datada de Setembro de 1901 e a segunda de 191?, ambas retiradas da obra “Humberto Fonseca, Arquivo Municipal de Fotografia”, Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, 1998.




Olha para o que eu digo, não ligues ao que eu faço

Em nome da austeridade, o ministro das Finanças proibiu promoções na Função Pública. Mas Helena André, ministra do Trabalho e da Solidariedade Social, não esteve com meias medidas e decidiu promover diversos dirigentes do seu ministério. Ao todo são 24 homens e mulheres do Partido Socialista que ocupam lugares de topo na Segurança Social.
Mais um bom exemplo da prática moralista da governação socialista: Olha para o que eu digo, não ligues ao que eu faço.

segunda-feira, fevereiro 14, 2011

Se não é nosso, não serve

“Nós não validamos propostas que tenham a ver com pessoas que têm determinado perfil político, que é opositor dos nossos parceiros naquilo que é a política tradicional de cada um de nós”, afirmou António Magalhães, Presidente da Câmara Municipal de Guimarães (PS) para justificar o seu desagrado pela contratação do líder da oposição na autarquia de Braga, Ricardo Rio (PSD), para um cargo na Capital Europeia da Cultura (CEC) Guimarães 2012.
Para o edil vimaranense não está em causa a necessidade da contratação de Rio, o montante da remuneração que irá auferir ou a sua competência para o exercício do cargo. O que está em causa é apenas e tão só o facto daquele ser o rosto da oposição do camarada bracarense, Mesquita Machado.

Obscenidade: Uma boa noticia para os cartéis da droga

O antigo sistema de radares destinado à vigilância da zona costeira, foi desligado em Novembro do ano passado, mas o novo sistema de vigilância só deverá ficar concluído em Agosto. Até lá o litoral será, imagine-se, vigiado … por binóculos e patrulhamentos da GNR, conduzindo a que zonas da costa portuguesa padeçam de falhas graves de vigilância. Sem dúvida uma boa noticia para os cartéis da droga...

Gostava que fosse um bom exemplo

Nos primeiros quatro meses desta sessão legislativa os deputados já deram 369 faltas, o que corresponde a uma média de 9,2 ausências por reunião plenária. Segundo o i, o PSD é o partido em que os deputados mais faltam, com 156 ausências, seguido pelo PS, com 139, o CDS, com 38, o PCP, com 29, e os bloquistas, com sete. O Partido Ecologista Os Verdes não deu nenhuma falta.

O meu Partido (PSD) devia ser um bom exemplo nesta matéria, tanto mais que defende, o que discordo, a redução do número de deputados.

quinta-feira, fevereiro 10, 2011

Que raio de país é este ?


Passaram nove anos, ninguém se interessou, ninguém investigou.
Augusta Duarte Martinho, jazeu nove anos no chão da cozinha do apartamento em que vivia, na Rinchoa, em Rio de Mouro. Os seus animais de estimação, um cão e dois pássaros estavam também mortos na varanda.
Passaram nove anos, ninguém se interessou, ninguém investigou.
Duas suas vizinhas, também elas já idosas, em 2002, ano em que deixaram de ver a falecida, participaram o desaparecimento à GNR, à PSP, à  Policia Judiciária e ao Ministério Público. Durante nove anos insistiram para a necessidade de arrombar a porta do apartamento. Durante nove anos imploraram que fosse investigado o seu paradeiro.
Passaram nove anos, ninguém se interessou, ninguém investigou.
Uma velha senhora morreu sozinha e esquecida fica durante nove anos. Do Estado, ninguém se interessou, ninguém investigou.
Que raio de país é este que consegue conviver com tanta incúria, desleixo e incompetência?

segunda-feira, fevereiro 07, 2011

Obscenidade: Empresas do Estado falham cortes exigidos pelas Finanças

Quando ainda continuam em análise os planos de poupanças de 28 empresas públicas, apesar do Ministério das Finanças ter dado como data limite para a aprovação e divulgação dos mesmos 31 de Janeiro, mais de metade das empresas do Sector Empresarial do Estado não chegam a cumprir o corte de 15% dos custos operacionais exigido pelo Programa de Estabilidade e Crescimento e pelo Orçamento do Estado para 2011.

Obscenidade: Sobreposição de Impostos rende mais 9 milhões

O Estado vai lucrar cerca de nove milhões de euros com a cobrança do IVA sobre a taxa do audiovisual da RTP, que está incluída na factura da luz.

A medida criada pelo Governo de José Sócrates traduz uma vergonhosa aplicação de um imposto sobre um outro imposto a cuja cobrança o consumidor não escapa, imagine-se, mesmo que não tenha televisão em casa !?.

Desconfiança

A confiança dos portugueses no seu Governo é a menor num conjunto de 24 países de todo o Mundo. Se há um ano 27% dos portugueses confiavam no seu Governo, agora apenas 9% responde positivamente.

Esta é uma das conclusões contidas no Barómetro de Confiança Edelman 2011, um estudo internacional apresentado esta manhã, em Lisboa.

A crise económica pode servir para justificar muita coisa, mas dificilmente explica a diferença para a Irlanda (20%), país que até está a ser alvo de uma intervenção do FMI e do Fundo Europeu de Estabilidade Financeira ou para a Espanha que apresenta um grau de confiança de 43% nos seus governantes, não obstante este estar a implementar duras medidas de austeridade.

Na frente estão os Executivos da China e dos Emirados Árabes Unidos, ambos com um grau de confiança de 88% por parte dos seus cidadãos.