quinta-feira, maio 15, 2008

Participações em Provas Internacionais apoiadas

A Câmara Municipal deliberou numa das suas últimas reuniões (30 de Abril) apoiar a participação em provas internacionais do consagrado piloto de rallyes, Miguel Campos e dos jovens, mas já seguros valores do desporto motorizado nacional, César André Machado, no Karting e Sérgio Batista, no Motociclismo.
.
Miguel Campos, natural da freguesia de Requião, apresenta um currículo desportivo pleno de êxitos, situando-o entre os mais prestigiados pilotos quer de craveira nacional quer internacional.

A título meramente exemplificativo, referência para os títulos de Campeão Nacional de Ralis, Grupo N, nos anos de 1997, 1998, 1999 e 2000, Vice-Campeão Nacional Absoluto de Ralis, em 2001, Campeão Nacional de Ralis Absoluto em 2002 e Vice-Campeão Europeu em 2003. Tendo participado no Mundial de Ralis em 2004, e novamente em 2005, vice-campeão nacional de ralis absoluto no ano de 2005, Miguel Campos parou em 2007, procurando relançar em 2008, a sua carreira desportiva num novo projecto.

A oportunidade surgiu através do Projecto BF Goodrich Drivers Team, tendo o famalicense sido escolhido para alinhar no Vodafone Rally de Portugal, que se realizou entre 8 e 10 de Maio, com um Peugeot 207 Super 2000, preparado pela Kronos e com as cores da BF Goodrich, promotora da iniciativa.

A escolha recaiu em Miguel Campos, que recolheu maior número de votos, do que os outros dois finalistas, Rui Madeira e “Mex” Machado dos Santos, num universo que envolveu nada menos do que 47 pilotos.

César André Machado, um dos mais jovens valores do Karting Nacional, residente na freguesia Esmeriz, conquistou o direito de participar nas finais Challenge Rotax Júnior.

O maior evento desportivo de karting a nível mundial, o Challenge Rotax Júnior, reuniu mais de duas centenas de pilotos em representação de 55 países dos 5 continentes disputou-se entre os dias 26 de Novembro e 2 de Dezembro de 2007, numa pista com cerca de 1400 metros de perímetro e uma largura de 7 a 8 metros localizada no deserto de Abu Dhabi, no Dubai.

Sérgio Baptista, da freguesia de Ribeirão, outro dos valores concelhios e nacionais do desporto motorizado, apresenta também ele um curriculum recheado de êxitos.

Actualmente, com 16 anos de idade, Sérgio Batista iniciou a sua carreira do desporto motorizado aos 7 anos, no Campeonato Nacional de Motocross Infantil. Foi Vice-Campeão Nacional no ano de estreia (50 cc), terceiro lugar em 65 cc nos anos de 2001 e 2002 e 4º lugar em 2003, na mesma cilindrada. Neste último ano na modalidade, venceu o Troféu Rómoto Motocross e 10º lugar na Prova Mundial do Troféu Master Kid 2003, realizado em França.

Em 2004 passou para a velocidade, ano em que disputou o Campeonato Metrakit Mini GP, obtendo um segundo lugar (70 cc). Referência ainda neste ano para o terceiro lugar no Troféu Objectivo GP (125 cc).

Em 2005, repete a participação no Campeonato Metrakit Mini GP, classificando-se em 3º lugar e simultaneamente no Campeonato Nacional de Velocidade 85 cc, onde termina em 3º lugar.

O primeiro título nacional surge em 2006, ao vencer o Campeonato Nacional de Velocidade 85 cc. Neste ano, Sérgio Batista foi um dos nomes propostos pela Federação Nacional de Motociclismo para receber um wild-card, para a classe 125 cc, no G.P. de Portugal, mas teve de esperar, já que à época tinha somente 14 anos, quando a idade mínima para correr no Mundial de 125 cc são os 15 anos.

No ano em curso, Sérgio Batista, voltou a ter a oportunidade de cumprir o seu sonho, participar numa Prova do Mundial. O jovem piloto famalicense, tripulando uma Honda RS 250 RW com mais de uma década de vida, foi o único português presente na jornada mundial do MotoGP que se realizou no Autódromo do Estoril, entre 10 e 13 de Abril.

Em termos financeiros os montantes atribuídos tendo por base as referidas participações foram de 10.000,00 € para Miguel Campos, 1.000,00 € para César André Machado e 3.500,00 € para Sérgio Batista.

Sem comentários: