domingo, dezembro 31, 2006

Inauguradas as obras no Parque Infantil das Lameiras

.
Teve lugar ao fim da tarde do dia 28 de Dezembro de 2006, a inauguração das obras de remodelação do parque infantil do Edifício das Lameiras. Ao som de cânticos entoados por centenas de crianças do Aglomerado Habitacional e do Centro Social e Comunitário, que se tornaram nas principais protagonistas daquele evento, Jorge Paulo Oliveira, Vereador da Habitação e Jorge Faria, Presidente da Associação de Moradores das Lameiras, descerraram a placa alusiva à cerimónia. As obras de reabilitação do Parque Infantil, num investimento total de 38.734,00 € + IVA, traduziram-se na remoção de 160 metros cúbicos de areia, colocação de um novo piso, instalação de novos equipamentos e reparação dos restantes, reformulação do sistema de drenagem das águas pluviais e plantação de pinheiros. Administradas directamente pela Associação de Moradores das Lameiras e fiscalizadas pelos técnicos da Divisão de Habitação da Câmara Municipal, estas obras foram concretizadas ao abrigo do Acordo de Colaboração celebrado entre a Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão e a Associação de Moradores das Lameiras, para a gestão daquele Complexo Habitacional, outorgado em 20 de Maio de 2004, e anualmente renovado, no mesmo dia em que o município aceitou das mãos IGAPHE a transferência da titularidade daquele património habitacional, constituído por 290 casas onde reside uma população de cerca de 1500 pessoas. Desde aquela data, a autarquia investiu no Complexo Habitacional das Lameiras mais de 625 mil euros, sendo que destes, 275 mil foram transferidos directamente para a Associação de Moradores via protocolo. A aposta na responsabilização colectiva e na intervenção de todos os agentes na gestão daquele grande aglomerado habitacional, foi uma aposta claramente acertada. A proximidade dos decisores em relação aos bens a gerir, a agilização dos procedimentos, a celeridade de decisões e o esforço, empenho e competência demonstrado pela Associação de Moradores das Lameiras, resultou em claros ganhos em termos de recuperação do edificado, reabilitação urbanística do complexo e melhorias significativas no acompanhamento social dos seus moradores, e consequentemente, maior qualidade de vida e satisfação residencial de todos os seus moradores. Depois das profundas obras de reabilitação do parque de jogos e de requalificação de todo a zona envolvente à urbanização das Lameiras, estas inauguradas no Dia da Cidade (9 de Julho), o novo parque infantil agora inaugurado além da sua funcionalidade, torna o interior do complexo mais bonito, agradável e acolhedor. Se o investimento neste parque infantil não pode ser considerado muito avultado, o mesmo não sucede com o seu significado. Para tanto basta atentar que residem neste complexo cerca de 250 crianças até aos 16 anos, dele se servindo ainda as crianças residentes nos espaços limítrofes e as que frequentam o Centro Comunitário e Social das Lameiras. Além disso, impõe-se cada vez mais a criação de espaços públicos como este, que incentive as crianças a brincarem no exterior, a respirarem mais ar puro, a brincar com segurança e com as outras crianças. É fundamental retomar a “brincadeira de rua” em contraponto há excessiva brincadeira em interiores, às desmesuradas horas passadas em frente do computador, da televisão ou da “playstation”. Apesar do fabuloso clima de que Portugal beneficia, as cidades e os aglomerados habitacionais não podem continuar hostis à natureza e às brincadeiras livres e espontâneas, não podem continuar a empurrar as crianças para dentro de casa. As brincadeiras dentro de casa não conseguem substituir as actividades praticadas no seu exterior, já que só estas se revelam capazes de desenvolver uma coordenação motora adequada.

Sem comentários: