quarta-feira, dezembro 27, 2006

Taxista baleado, recebe apoio da autarquia

.
O taxista famalicense que no dia 01 de Agosto de 2006, pelas 00.30 horas, foi vitima por parte do cliente transportado, de assalto à mão armada, baleado e despojado do veículo, posteriormente encontrado, mas totalmente destruído por incêndio, pode retomar a actividade, com o apoio do Pelouro dos Transportes da Câmara Municipal. Sujeito a internamento hospitalar, sem qualquer outra fonte de rendimento e não dispondo de seguro de responsabilidade civil que cobrisse a perda do veículo, já que em Portugal as Seguradoras rejeitam celebrar tais tipos de contratos com os industriais de Táxi, o taxista famalicense viu-se envolto em grandes dificuldades financeiras. Assim, a Câmara Municipal em estreita colaboração com a ANTRAL - Associação Nacional de Transportes Rodoviários em Automóveis Ligeiros, decidiu financiar parte dos custos de adaptação a Táxi de um veículo já usado e pertença da família do taxista, assumindo o pagamento dos custos inerentes à colocação de novo Taxímetro, Lanterna, Varão de Suporte, Programação, Selagem, Cablagem e Montagem de todo este equipamento, importando o custo total de 1.482.25 €, cuja proposta foi aprovada na ultima reunião do executiva, ocorrida na passada quarta-feira, dia 20 de Dezembro.

Sem comentários: