terça-feira, abril 08, 2008

Prof. Mário Moniz Pereira, homenageado em Famalicão

Mário Alberto Freire Moniz Pereira, o "Senhor Atletismo", foi homenageado no passado sábado, pelo Clube de Cultura e Desporto de Ribeirão (CCDR) e Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, numa cerimónia singela mas sentida e calorosa, que teve lugar no decurso do Colóquio sobre Atletismo “A Caminho de Pequim”, que encheu o pequeno auditório da Casa das Artes.

"O Prof. Mário Moniz Pereira, nasceu a 11 de Fevereiro de 1921, em Lisboa.

Licenciado em Educação Física pelo Instituto Nacional de Educação Física de Lisboa, onde foi professor durante 27 anos, desde muito jovem revelou-se um predestinado para o Desporto, tendo sido praticante de Andebol, Basquetebol, Futebol, Hóquei em Patins, Ténis de Mesa, Voleibol e Atletismo.

O Desporto Nacional deve-lhe, entre outros contributos, o ter lutado para vencer barreiras psicológicas que diminuíam os nossos desportistas em confronto com representantes de países desportivamente melhor organizados.

O seu grito em 1975, quando apresentou ao Governo o seu plano de Preparação Olímpica, com a afirmação pública "dêem-nos as melhores condições que obteremos iguais resultados", foi fundamental para os êxitos obtidos logo 11 meses depois nos Jogos Olímpicos de Montreal, quando a bandeira portuguesa subiu pela primeira vez no mastro de honra do estádio olímpico.

No Atletismo, a sua maior paixão, começou por se sagrar campeão universitário de Portugal de triplo salto e recordista nacional. Em 1939, ingressou no Sporting como praticante de Ténis de Mesa.

A partir de 1945 tornou-se treinador da equipa de Atletismo do Clube, sendo igualmente professor de classes de ginástica especialmente vocacionadas para os atletas do Clube.

Mário Moniz Pereira foi um "fazedor de campeões" que projectaram Portugal no desporto mundial, desde Álvaro Dias a Domingos Castro, passando por Manuel de Oliveira, Armando Aldegalega, José Carvalho, Hélder de Jesus, Aniceto Simões, Carlos Lopes, Fernando Mamede e Dionísio Castro.

Esteve presente como técnico, jornalista e seleccionador de Atletismo em 12 Jogos Olímpicos, em cinco Campeonatos do Mundo, 13 Campeonatos da Europa, 15 Taças da Europa, 22 Campeonatos do Mundo de Corta Mato e em 18 Taças dos Clubes Campeões Europeus de Corta Mato.

Como treinador, a nível colectivo proporcionou ao Sporting os seguintes títulos: 30 Campeonatos Nacionais de Pista Masculinos (entre 1946 e 1988), 24 Campeonatos Nacionais de Pista Femininos (entre 1946 e 1987), 33 Campeonatos Nacionais de Corta Mato - Masculinos (entre 1948 e 1991) e 12 Taças dos Clubes Campeões Europeus de Corta Mato (entre 1977 e 1992).

No Voleibol foi campeão nacional pelo Sporting, como jogador, em 1954 e1956.

Foi ainda preparador físico da equipa de futebol do Sporting em 1970 e 1971, então dirigida por Fernando Vaz. Sagrou-se campeão nacional no primeiro ano e venceu a Taça de Portugal no segundo.

De 1976 a 1983, o Prof. Moniz Pereira foi director do Estádio Nacional e em 1982 presidiu à Comissão de Apoio à Alta Competição. Foi director técnico da Federação Portuguesa de Atletismo, Seleccionador Nacional de Atletismo e de Voleibol, Presidente da Comissão Central de Árbitros de Voleibol e Árbitro Internacional no Campeonato do Mundo de Paris, em 1956.

É sócio honorário da Associação Internacional de Treinadores de Atletismo.

Foi distinguido com a Medalha de Mérito Desportivo em 1976 e 1984, condecorado com a Comenda da Ordem do Infante D. Henrique (1980) e com a Comenda da Ordem de Instrução Pública (1984).

Foi galardoado com a Medalha de Mérito em Ouro (1985), nomeado Conselheiro da Universidade Técnica de Lisboa (1985), galardoado com a Ordem Olímpica (1988) e condecorado com o grau de Grande Oficial da Ordem do Infante D. Henrique (1991).

Fez parte da Comissão de Honra do Centenário do Sporting Clube de Portugal, do qual é o sócio nº 2.”

Texto:
Sporting Clube de Portugal

Fotos: António Freitas


Sem comentários: