quinta-feira, abril 17, 2008

Contra o Racismo e a Descriminação


O mês de Março na Casa da Juventude ficou associado à Luta contra o Racismo e Descriminação, tendo no dia 21 daquele mês assinalado a comemoração do Dia Internacional para a Eliminação de Todas as Formas de Racismo e Descriminação, respondendo a um convite da organização UNITED que desafiou todas as organizações públicas, privadas, associações formais e informais da Europa a desenvolverem actividades sobre esta temática. As actividades poderiam ser da mais variada índole, desde debates, projecção de filmes, festivais musicais a distribuição de material de campanha.

A Casa da Juventude, juntou-se a este movimento europeu e preparou uma iniciativa sob esta orientação específica, para além da distribuição de material de campanha.

Assim, a actividade proposta foi designada de “O Argumentário”.

“O Argumentário” foi o nome escolhido para um documento, que pretende ser o instrumento físico da opinião e da tomada de posição dos jovens do concelho de Vila Nova de Famalicão acerca do racismo e das estratégias de combate ao racismo.

“O Argumentário” efectuou visitas às Escolas Secundárias do Concelho, com a intenção de reunir sugestões, opiniões, tomadas de posição entre outras formas de expressão acerca desta temática.

As visitas realizaram-se nos seguintes dias:

Dia 5 de Março – Escola Secundária D. Sancho I – V.N. Famalicão
Dia 6 de Março – Escola Secundária Padre Benjamim Salgado – Joane
Dia 7 de Março – Escola Secundária Camilo Castelo Branco – V.N. Famalicão
Dia 10 de Março – Cooperativa de Ensino Didáxis – Vale S. Cosme
Dia 12 de Março – Cooperativa de Ensino Didáxis – Riba D`Ave
Dia 13 de Março – Externato Delfim Ferreira - Riba D`Ave

Foram recolhidos, na totalidade, 185 opiniões. Frases, pensamentos, criticas, tomadas de posição, poemas, foram algumas das formas, encontradas pelos jovens para exprimirem os seus sentimentos em relação a esta problemática.

Nas semanas de 18 a 29 de Março, “O Argumentário” esteve á disposição de quem pretende-se contribuir e deixar a sua marca, na Casa da Juventude.

A acrescentar e para finalizar esta actividade, “ O Argumentário” está a ser traduzido para inglês e irá ser enviado para a organização europeia – UNITED Against Racism sedeada em Amesterdão, e que desenvolve nos 365 dias do ano um combate cerrado a esta forma de descriminação. Que este documento traduza a esperança dos nossos jovens e sirva de alento para os que ainda nos dias de hoje sofrem com esta descriminação
.

Sem comentários: