domingo, fevereiro 17, 2008

“A Rede Ferroviária Interior da Euro-região Galiza-Norte de Portugal”


O Eixo Atlântico publicou recentemente o estudo “A Rede Ferroviária Interior da Euro-região Galiza-Norte de Portugal”.

Dirigido pelos Professores Miguel Rodríguez Bugarín e António Pérez Babo, nele é defendida a criação de um consórcio transfronteiriço de transportes entre a Galiza e o Norte de Portugal, que coordene e execute um serviço de comunicações capaz de unir as zonas do interior, mais isoladas, com as da costa, através de um maior volume de investimentos em matéria de infra-estruturas.

De acordo com os autores, “este consorcio transfronteiriço actuaria como um orgão representativo das administrações dos dois países e que funcionaria como uma autoridade responsável pela funcionalidade e desenho da oferta de transporte público”.

Os autores, produzem ainda neste documento uma cuidada reflexão sobre o “papel fundamental que as ligações de TGV do Eixo Atlântico irão beneficiar as zonas de costa, onde se concentra o 80% da população da Euro-região. O interior continua o processo de perda de população”.

Com o objectivo de atenuar e minorar este fenómeno, propõem os autores “o estabelecimento de serviços intermodais “ferrocarril-autocarro” que permita a coordenação de horários e um serviço único de tarifas para a Galiza e Portugal”.

Com este estudo, o Eixo-Atlântico finaliza a estratégia de intermodalidade, iniciado com o Mapa de Infra-estrutruras, o Sistema Portuário e o Sistema Aeroportuário, que constituem a base do Plano de Transportes do Eixo Atlântico, um dos eixos principais de actuação nos próximos anos da Organização e do seu Serviço de Estudos
.

Sem comentários: