sábado, agosto 18, 2007

Ocupação de Tempos Livres úteis à comunidade

.

Com idades compreendidas entre os 12 e os 25 anos, quarenta e dois jovens famalicenses, integrarão até ao final do mês de Agosto, os Projectos de Ocupação de Tempos Livres, promovidos pela Câmara Municipal em parceria com o Instituto Português de Juventude.

A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, que através do seu Pelouro da Juventude, viu aprovadas quatro candidaturas, proporciona assim aos jovens famalicenses uma forma diferente de ocupar os seus tempos livres de Verão, potenciando a sua capacidade de intervenção e de participação social e cívica.

Participando em projectos que úteis à comunidade, os jovens famalicenses que integram estes programas, usufruem simultaneamente de novas experiências, adquirem novos conhecimentos e novas competências que, seguramente, alargarão o seu leque de interesses.

Desporto, Arqueologia, Protecção Civil e animação sócio-cultural, foram as áreas de actividade aprovadas.

No Desporto, cujo actividade decorre no Complexo das Piscinas Municipais da cidade, o contacto directo com a dinâmica dos serviços, vem proporcionando a 4 jovens, novas e diversificadas experiências e aquisição de conhecimentos e competências pessoais, que alargarão o seu leque de interesses, fomentando ainda a aquisição de estilos de vida saudáveis.

A salvaguarda do património arqueológico em perigo e o conhecimento da importância dos vestígios arqueológicos no entendimento da história concelhia, são os objectivos que a autarquia prossegue com os trabalhos de escavação arqueológica que estão a ser desenvolvidos por 18 jovens, no Castro da Boca, na freguesia de Vale S. Cosme e Castro das Eiras, em Pousada de Saramagos.

No apoio à vigilância florestal e à protecção civil, mais 16 jovens prestam um relevante serviço cívico em favor da comunidade, cuidando da floresta e garantindo o futuro colectivo.

Por fim, na animação sócio-cultural quatro jovens prestaram apoio na monitorização e apoio à realização de colónias de férias que tiveram por destinatários as crianças desfavorecidas residentes na Urbanização da Cal, na freguesia de Calendário, complexo de habitação social propriedade do Município

Os projectos que estão a decorrer desde Julho e se prolongam até ao final de Agosto, têm quatro períodos diferentes, com uma duração mínima de 10 dias, sendo que o programa diário de cada um dos projectos tem a duração mínima de três horas e máxima de cinco horas.

Cada um destes jovens voluntários, beneficia de um seguro de acidentes pessoais e uma bolsa horária, no montante de 2,00 euros/hora, tendo direito no final da “missão” a um certificado de participação.

Sem comentários: