domingo, julho 19, 2009

Operário inicia “revolução” no seu Parque Desportivo.

A poucos meses de iniciar as celebrações do seu cinquentenário (foi fundado em 1 de Janeiro de 1960), o Operário Futebol Clube com sede na Rua Manuel Trovisqueira, lugar de Mões, deu já inicio a um vasto conjunto de obras, orçadas em mais de 750.000,00 €, que vão em definitivo colocar o seu Parque Desportivo como um dos mais bem apetrechados do concelho.

No terreno estão já a decorrer as obras de colocação de um relvado sintético no recinto de futebol de onze, facto que em muito contribuirá para a qualidade formativa dos seus escalões de formação e seniores, a que acrescerá um segundo, destinado a treinos e de menores dimensões.

A este grande investimento que deverá estar concluído a tempo de ser usado no início da próxima época desportiva, somam-se outras importantes obras a realizar faseadamente: Requalificação dos Balneários 1,2, 3 (Substituição de tijoleiras, colocação de uma protecção em inox junto aos chuveiros, sistema de exaustão de vapores, revisão geral no sistema de pichelaria, pintura de tectos, mobiliário e pintura lacada de banco estrados), Nova Vedação do campo de Jogos - Lado Nascente (muro em blocos de 1,20 x 10 + chapas de 0,80 x10, vedação de 20 m em tubos de 8 cm de diâmetro e 1,45 m de altura, com portões de correr), Melhoramento da Luz do Campo (aumento de 3 metros nas 4 torres, colocação de 4 novas estruturas para fixação de projectores, 16 novos projectores de iodetos metálicos de 2000 watts, colocação de 4 plataformas de protecção de trabalho, colocação de 4 protecções nas escadas de acesso aos projectores), Construção de Nova Entrada do Parque de Jogos (colocação de um portão de correr em ferro com 5,40 x 2,20 m, desaterro do parque de estacionamento junto à cabine, construção de muros de suporte de 70 x 2 x 0,20, pavimentação da nova área – 420 m2), Melhoramento do Edifício Sede (pintura exterior, pintura do salão polivalente, colocação de caleiros, reparação do telhado e pavimentação do corredor exterior de acesso aos balneários), Construção de Garagem (Cobertura de 162 m2, paredes com 36 x 3 m), Melhoramento no Campo de Treinos (Arear e pintar paredes, construção de novos muros de vedação de 60 x 2m, construção de 3 balneários de apoio, colocação de piso de relva sintética, colocação de 4 postes de iluminação com 3 projectores de 600 watts cada), Requalificação das Bancadas (Arear e cerezitar as traseiras, substituição de parafusos, porcas e garampos, abertura de gateiras, construção da cabine de imprensa, pintura geral, colocação de 600 cadeiras) e Construção de Parque Infantil no Topo Poente das Bancadas (Colocação de pavimento de segurança e diversos equipamentos lúdicos).

É consabido que os pisos sintéticos, apesar de obrigarem a investimentos muito superiores aos de um tapete natural, são uma aposta de futuro. Estudos da FIFA concluem que esta é a opção correcta em termos financeiros, ambientais e estéticos, revelando-se também, por essa via, a solução mais em conta para a realidade financeira dos clubes, que vivem sempre com grandes limitações económicas.

Basta referir que os custos de manutenção são claramente mais baixos, chegam a ser 25 vezes mais baixos que a de um relvado natural; Suportam condições climatéricas adversas; O piso sintético não necessita de água - embora possa ser regado - e se cuidados mínimos a que estão obrigados forem cumpridos, o piso tem uma prolongada durabilidade; Não são necessários cortes, nem tratamento com pesticidas porque não são afectados por agentes biológicos; Permite um mais elevado número de horas de utilização, facultando a realização de mais jogos em menos tempo e a superfície de jogo mantém-se consistente ao longo de toda a época, ao contrário do que acontece com a relva natural, que se vai tornando irregular e que, em caso de chuvas intensas corre o risco de se tornar imprópria para a prática do futebol.

Tendo em vista a realização de tão importantes e avultados investimentos a Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão celebrou com o Operário Futebol Clube um Contrato Programa de Desenvolvimento Desportivo, com validade de 3 anos, para apoio financeiro à Colocação de Relvados Sintéticos e outras Obras de Beneficiação no seu parque de Jogos, atribuindo uma comparticipação financeira de 350.000,00 €, a liquidar do seguinte modo: 200.000,00 €, em 2009, 75.000,00 € em 2010 e 75.000,00 € em 2011.

Sem comentários: