quarta-feira, janeiro 31, 2007

Lutas Académicas e Estudantis

.
O ciclo de conferências dedicado às “Lutas Académicas e Estudantis: do Liberalismo ao Estado Novo” regressa na próxima sexta-feira, dia 2 de Fevereiro, pelas 21h30, ao Museu Bernardino Machado, de Vila Nova de Famalicão. O “Republicanismo Radical e Movimento Estudantil 1890 – 1891” dá o mote para mais uma conferência, que, desta vez, contará com a presença do orador convidado, Sérgio Campos Matos, professor de História Contemporânea na Faculdade de Letras de Lisboa desde 1985, onde se doutorou em 1995. Sérgio Campos Matos irá abordar os episódios políticos que envolveram as manifestações estudantis, entre o período de 1890 a 1891, em Portugal. O conferencista coordena, actualmente, o projecto de investigação “Manuel de Arriaga, primeiro Presidente da República Portuguesa”, apoiado pela Assembleia da República e pela Direcção Regional da Cultura dos Açores. Além disso, integra também o projecto internacional “European Science Foundation, Representations Of The Past: National Histories In Europe” e o Núcleo de colaboradores do Dicionário histórico “Del Lenguage Político Y Social En Iberoamérica”, dirigida por Javier Fernández Sebastián da Universidade del País Vasco, Bilbao. Do seu currículo, faz parte a publicação de diversos trabalhos como “História, Mitologia, Imaginário Nacional” (1895-1939), Lisboa, 1990 e “Historiografia E Memória Nacional No Portugal Do Século XIX” (1846-1898), Lisboa, 1998. Tem coordenado diversas obras colectivas e a edição de textos históricos de que é exemplo “O Centenário da Índia” [1898] e “A Memória Da Viagem De Vasco Da Gama (séculos XV a XX)”, Lisboa, 1998; “Correspondência Política de Manuel de Arriaga”, Lisboa, 2004, entre muitos outros. Refira-se que o ciclo de conferências dedicado às lutas académicas é organizado pela Câmara Municipal de Famalicão, através do Museu Bernardino Machado, e irá decorrer até 2008, passando em revista, e de forma cronológica, alguns dos mais importantes episódios dos movimentos estudantis, que eclodiram em várias cidades portuguesas, nos séculos XIX e XX, contando para isso com a presença dos mais prestigiados conferencistas nacionais. OBS: Noticia extraída do site da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão

Sem comentários: