terça-feira, setembro 20, 2011

Audição da IGF e EP - Estradas de Portugal


Na sequência de um Requerimento apresentado pelos Grupos Parlamentares do PSD e CDS-PP, de que fui um dos seus subscritores, decorreu durante a tarde de hoje a audição da Inspecção Geral de Finanças e do Conselho de Administração da EP - Estradas de Portugal, tendo como objecto o Relatório de Auditoria realizada pelo Governo à EP - Estradas de Portugal (Relatório 842/2011 IGF).

Deste relatório transparece a dificil situação da EP - Estradas de Portugal, SA mencionando a IGF a existência de risco de “insustentabilidade financeira a partir de 2014”. A título de exemplo, refira-se o seu crescente endividamento, a previsão de “uma acentuada degradação do resultado liquído a partir de 2011”, ou o facto de as sete subconcessões lançadas e adjudicadas nos últimos três anos originarem “avultados encargos liquidos anuais (no valor global acumulado de M€ 6.332,1 até 2030)”.

O Relatório de Auditoria pode ser consultado aqui.

Sem comentários: