sábado, março 14, 2009

Cidade de Famalicão com três novas Praças de Táxi

A cidade vai ser dotada de 3 novas Praças de Táxi em regime de estacionamento condicionado. A decisão foi tomada pela Câmara Municipal, na sua reunião da passada quarta-feira, dia 11 de Março.

.

As novas Praças de Táxi ficarão localizadas junto do Novo Palácio da Justiça (2 viaturas), Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco (2 viaturas) e proximidades da Alameda Luís de Camões com a dotação de três viaturas.

.

Na Vila de Joane vai ser criada também uma nova Praça com a dotação de um lugar na Rua de S. Bento, sendo alargada a dotação de 3 para 4 viaturas a que se encontra situada na Avenida Narciso Ferreira, na Vila de Riba de Ave.

.

A decisão camarária partiu de uma solicitação dos dirigentes concelhios da ANTRAL (Associação Nacional dos Transportadores Rodoviários em Automóveis Ligeiros) resultado do aparecimento de novas centralidades, de novos equipamentos públicos, de novas acessibilidades, que criaram novas necessidades.

.

A Câmara Municipal, por proposta do Pelouro dos Transportes, deliberou de igual modo, proceder à regularização de um conjunto de praças de táxi que, após 1993, foram sendo materialmente criadas, extintas ou alteradas na sua dotação.

.

Assim, formalmente, foram:

.

Criadas quatro Praças de Táxi (Rua José Azevedo Menezes e Zona Nascente da Praça D. Maria II - exterior, Rua António Torrinha na Vila de Joane e entroncamento da Rua Adelino Costa Campos com a Rua de S. Mamede, na Vila de Ribeirão,

.

Extintas dez praças (Topos norte e sul da Praça D. Maria II e Rua Manuel Pinto Sousa na cidade, Assento, Telhado e Mato da Senra na Vila de Joane, Portela na Vila de Riba de Ave e Outeiro, Santana e Bragadela, na Vila de Ribeirão,

.

Alargada a dotação de duas praças (Nascente do Parque D. Maria II – interior - de 10 para 25 viaturas e 2 para 6 viaturas, na Praça de Táxis do Largo 3 Julho, na Vila de Joane e,

.

Reduzida a dotação outras duas praças (Centro Coordenador de Transportes, de 10 para 3 viaturas e Estação de Caminhos-de-Ferro de Vila Nova de Famalicão, de 6 para 5 viaturas).

.

O Contingente global, fruto do aparecimento de táxis com mobilidade reduzida também foi alterado, criando-se uma nova licença para cada uma das praças da Cidade, e Vilas de Joanw, Ribeirão e Riba de Ave. A Vila de Joane ganhou uma segunda licença por transferência de uma das licenças existentes na freguesia de Vale S. Cosme. Oliveira Santa Maria e Delães viram reduzida uma licença de táxi por manifesta desnecessidade.

.

Finalmente, a Câmara Municipal deliberou alargar aos táxis para pessoas com mobilidade reduzida, já em circulação, os benefícios decorrentes do Protocolo celebrado com a ANTRAL, assumindo a autarquia o financiamento nos custos com a aquisição de Lanternas e Taxímetros naquelas viaturas, aprovando a transferência da quantia de 2.688,00 €, para aquela associação representativa do sector.

Sem comentários: