terça-feira, agosto 01, 2006

ACANUC do Núcleo “Moinhos de Vento”, em Gondifelos

.
O Núcleo Moinhos de Vento, do Corpo Nacional de Escutas, encontra-se acampado, desde o passado sábado e até ao próximo fim-de-semana, no Parque de Campismo de Gondifelos. Trata-se do II Acampamento daquele Núcleo da Região de Lisboa, apoiado logisticamente pelo Núcleo de Vila Nova de Famalicão e pelo Pelouro da Juventude, tendo como pano de fundo as Estrelas, ao adoptar a frase “… colocou-as no firmamento para iluminarem a Terra”, como tema central. Durante uma semana, cerca de quinhentos escutistas, entre Lobitos, Exploradores, Pioneiros, Caminheiros e Dirigentes vão participar numa grande manifestação de juventude e do movimento escutista, repleta de actividades e emoções em comunhão fraterna, unidos na mesma fé e sob o ideal de Baden-Powell, tendo sempre presente a Lei do Escuta, orientadora das condutas individuais e colectivas. A Câmara Municipal, sempre reconheceu nos princípios do escutismo uma excelente escola de formação cívica e humana e tem procurado contribuir para a valorização e ampliação do movimento no concelho. São disso exemplo os apoios que tem vindo a prestar, dentro das suas possibilidades, a todos os projectos apresentados pelos diversos Agrupamentos de Escuteiros Famalicenses, seja em termos logísticos, seja na cedência de terrenos para a construção de sedes sociais, como já ocorreu em Santo Adrião e nas freguesias de Ceide S. Miguel e Louro, seja na comparticipação financeira para a edificação dessas mesmas sedes. São apoios que valem a pena. Tratam-se de investimentos na juventude e nas gerações futuras. Os jovens são indiscutivelmente uma mais valia para a sociedade e depositários da sociedade futura, podendo e devendo assumir um papel primordial no desenvolvimento contínuo da sociedade e sobretudo na construção de uma sociedade mais humanizada. É por essa mesma razão que quando se assiste a uma crescente e preocupante delapidação dos recursos naturais do planeta e à deterioração das relações humanas, os valores defendidos pelo fundador do movimento escutista, Baden-Powell, há cem anos atrás, não só continuam actuais, estão mais actuais do que nunca. O apoio ao movimento escutista é uma aposta acertada, quando se quer construir uma comunidade cada vez mais coesa e solidária, comprometida com o seu meio e com as futuras gerações de famalicenses.

Sem comentários: