quinta-feira, maio 05, 2011

"Olha para o que eu digo e não olhes para que eu faço"


Recorrentemente o primeiro-ministro vem em defesa do Ensino Público, apesar dos seus dois filhos, Eduardo e José Miguel, frequentarem o ensino privado, respectivamente os colégio Moderno e Alemão. 
 
Muitos dirão que não vislumbram qualquer mal em ter-se os filhos na escola privada e simultaneamente defender-se o ensino público. É uma posição sustentável, sem dúvida. Não deixa é de ser difícil, para não dizer impossível, acreditar na sinceridade de José Sócrates quando fala das maravilhas do ensino público, das suas inquestionáveis qualidades, colocando-o num patamar de excelência. Se tudo isso é verdade, porque mantém os filhos em escolas privadas?

2 comentários:

Anónimo disse...

Este post, é de uma hiprócrisia de todo o tamanho. Claro que José sócrates, tem os filhos no ensino privado, da mesma forma, que o JPO terá os seus. Porque vivem á custa do erário público, e o dinheiro chega e sobra para todo o tipo de mordomias. Trabalhassem vocês numa empresa têxtil, a receber os miseros quinhentinhos, e que remédio teriam, senão recorrer ao ensino público. Agora criticar o JS? Tenham um minimo de pudor, pois afinal, são farinha do mesmo saco.Porra p'rá hiprócrisia!!! Costa Dias

Jorge Paulo Oliveira disse...

Para que conste o meu filho está no ensino público.